Índice de qualidade da dieta e presença de DCNTs em colaboradores de uma UAN

Palavras-chave: DIETAS, TRABALHADORES, DOENÇAS CRÔNICAS

Resumo

Mudanças nos padrões alimentares, evidentes no alto consumo de alimentos 

Mudanças nos padrões alimentares, evidentes no alto consumo de alimentos gordurosos, baixa ingestão de frutas e legumes, sedentarismo e fatores socioculturais estão fazendo com que haja preocupação com as doenças crônicas não transmissíveis, como hipertensão, obesidade e diabetes. O estudo objetivou associar a presença de doenças crônicas não transmissíveis à qualidade da dieta de colaboradores da Unidade de Alimentação e Nutrição de um hospital em Belém-PA. A coleta de dados realizou-se na Divisão de Nutrição e Dietética do Hospital Ophir Loyola, através de cinco etapas; palestra-convite, avaliação de consumo alimentar e antropométrica, questionário socioeconômico e exames bioquímicos. No estudo, 50,72% colaboradores encontravam-se com sobrepeso, 49,3% com perímetro da cintura muito aumentada, 49,28% não praticavam exercício físico, 47,8% com perfil lipídico adequado e 49,3% com glicemia elevada. Associação entre Índice de Qualidade da Dieta e as variáveis do estudo, demostrou que não houve diferença estatística significativa, porém na associação entre o peso de admissão e o peso da pesquisa houve diferença estatística muito significante. Conclui-se que há necessidade da promoção de educação nutricional para os colaboradores, a fim de promover a alimentação e estilo de vida saudável no local de trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rayanne Vieira da Silva, CENTRO UNIVERSITÁRIO DO PARÁ
NUTRICIONISTA POS GRADUADA EM NUTRIÇÃO CLINICA E RESIDENTE EM NEUROLOGIA NO CENTRO UNIVERSITÁRIO DO PARÁ
Lorena Furtado Falcão, UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA
DOCENTE NA UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA
Walyson Santos Souza, Universidade Federal do Pará
NUTRICIONISTA RESIDENTE EM SAÚDE DO IDOSO PELO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO JOÃO DE BARROS BARRETO -EBSERH/UFPA
Thaís de Oliveira Carvalho Granado Santos, HOSPITAL OPHIR LOYOLA
NUTRICIONISTA DO HOSPITALOPHIR LOYOLA E CAPS AD, MESTRE EM GESTÃO E SAÚDE PELA FSCMP

Referências

Almeida GCS, Lamounier WM. Os alimentos transgênicos na agricultura brasileira: evolução e perspectivas. Organ. Rurais Agroind [Internet]. 2005 [acesso em 2020 jan 6]; 3(7): 345-55. Disponível em: http://200.131.250.22/revistadae/index.php/ora/article/viewFile/192/189.

Cunha DT, Albano RD. Evolução antropométrica após intervenção nutricional. Nutrire. 2013; 38(1): 15-26.

Pitanga FJG, Lessa I. Associação entre indicadores antropométricos de obesidade e risco coronariano em adultos na cidade de Salvador, Bahia, Brasil. Rev. bras. epidemiol [Internet]. 2007 [acesso em 2020 jan 6]; 10(2): 239-48. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php ?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2007000200011.

Ministério da Saúde (BR). Guia alimentar para a população brasileira: promovendo a alimentação saudável. Série A. Normas e manuais técnicos. Brasília: Ministério da Saúde; 2006. [acesso em 2020 jan 6]. Disponível em: http://189.28.128.100/nutricao/docs/geral/guia_alimentar_conteudo.pdf.

Maham LK, Escott-Stump S. Krause: Alimentos, nutrição e dietoterapia. 12. ed. Rio de Janeiro: Elsevier; 2010.

World Health Organization. Diet, nutrition and the prevention of chronic diseases. Geneve: WHO; 2003.

Paixão MCP, Franco LR. Obesidade como fator de risco para acidentes no trabalho. Saude e pesqui [Internet]. 2009 [acesso em 2020 jan 6]; 2(3): 379-86. Disponível em: https://pdfs.semanticscholar.org/8793/63641b2a536cae5613d2d2d9331fdfc81135.pdf.

Escobar FA. Avaliação nutricional em funcionários de uma Unidade de Alimentação e Nutrição. Cad. UniFoA [Internet]. 2009 [acesso em 2020 jan 6]; 6(9): 51-7. Disponível em: http://revistas.unifoa.edu.br/index.php/ cadernos/article/view/938/858.

Gonçalves MCR, Cavalcanti CL, Mello EMPB, Azevedo WF, Diniz MB. Perfil nutricional, consumo alimentar e indicadores bioquímicos dos funcionários de uma Unidade de Alimentação e Nutrição. Rev. bras. cienc saude [Internet]. 2011 [acesso em 2020 jan 6]; 15(4): 377-84. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/ rbcs/article/view/10355.

Estevam E, Guimarães M. Caracterização do perfil nutricional e os aspectos ergonômicos relacionados ao trabalho de trabalhadores de uma Unidade de Alimentação e Nutrição. Rev. Cient. Faminas [Internet]. 2013 [acesso em 2020 jan 6]; 9(2): 56-68. Disponível em: http://www.fa minas.edu.br/upload/downloads/20131227160532_811288.pdf.

Fisberg RM, Slater B, Barros RR, Lima FD, César CLG, Carandina L. Índice de qualidade da dieta: avaliação da adaptação e aplicabilidade. Rev. Nutr [Internet]. 2004 [acesso em 2020 jan 6]; 17(3): 301-318. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1415-52732004000 300003&script=sci_abstract&tlng=pt.

World Health Organization. Obesity: preventing and managing the global epidemic. Report of a WHO Consultion. Geneve: WHO; 2000.

Sociedade Brasileira de Cardiologia, Sociedade Brasileira de Hipertensão, Sociedade Brasileira de Nefrologia. VI Diretrizes Brasileiras de Hipertensão. Arq Bras Cardiol [Internet]. 2010 [acesso em 2020 jan 6]; 95(1 Supl.1): 1-51. Disponível em: http://publicacoes.cardiol.br /consenso/2010/Diretriz_hipertensao_associados.pdf.

Sposito AC, Caramelli B, Fonseca FA, Bertolami MC, Afiune Neto A, Souza AD, et al. Sociedade Brasileira de Cardiologia. IV Diretriz brasileira sobre dislipidemias e prevenção da aterosclerose. Departamento de Aterosclerose da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Arq Bras Cardiol [Internet]. 2007 [acesso em 2020 jan 6]; 88(Supl 1): 2-19. Disponível em: http://www.scielo.br/ scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0066-782X2007000700 002.

Silva KF, Drumond NB, Quintão DF. Avaliação do perfil nutricional e condições de trabalho de colaboradores de unidades de alimentação e nutrição de Eugenópolis (MG). Rev. Cient. Faminas [Internet]. 2015 [acesso em 2020 jan 6]; 11(2): 34-48. Disponível em: http://periodicos. faminas.edu.br/index.php/RCFaminas/article/view/109.

Tonini E, Broll AM, Correa EN. Avaliação do estado nutricional e hábito alimentar de funcionários de uma instituição de ensino superior do oeste de Santa Catarina. Mundo saúde [Internet]. 2013 [acesso em 2020 jan 6]; 33(3): 268-79. Disponível em: http://bvsms.saude.gov. br/bvs/artigos/mundo_saude/avaliacao_estado_nutricional_habito_alimentar.pdf.

Aguiar LF. Avaliação nutricional dos funcionários de uma UAN (Unidade de Alimentação e Nutrição) de empresa terceirizada, município de Sobral (CE). In: Anais do IV Congresso de Pesquisa e Inovação da Rede Norte e Nordeste de Educação Tecnológica [CD-ROM], 2009; Belém. Belém: IFPA; 2009.

Scarparo AL, Amaro FS, Oliveira AB. Caracterização e avaliação antropométrica dos trabalhadores dos restaurantes universitários da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Rev HCPA [Internet]. 2010 [acesso em 2020 jan 6]; 30(3): 247-51. Disponível em: https://seer.ufrgs.br /hcpa/article/view/15382.

Boclin KL, Blank N. Prevalência de sobrepeso e obesidade em trabalhadores de cozinhas dos hospitais públicos estaduais da Grande Florianópolis, Santa Catarina. Rev. bras. saúde ocup [Internet]. 2010 [acesso em 2020 jan 6]; 35(121) :124-30. Disponível em: http://www.scielo.br /scielo.php?pid=S0303-76572010000100014&script=sci_ab stract&tlng=pt.

Vannin M, Southier N, Novello D, Francischetti VA. Adequação nutricional do almoço de uma Unidade de Alimentação e Nutrição de Guarapuava–PR. Rev. salus [Internet]. 2007 [acesso em 2020 jan 6]; 1(1): 31-8. Disponível em: https://revistas.unicentro.br/index.php/ salus/article/view/667.

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Análise em Saúde e Vigilância de Doenças não Transmissíveis. Vigitel Brasil 2018: vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico: estimativas sobre frequência e distribuição sociodemográfica de fatores de risco e proteção para doenças crônicas nas capitais dos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal em 2018 [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde, 2019. Disponível em: https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2019/julho/25/vigitel-brasil-2018.pdf.

Kolosque DK. Saúde dos trabalhadores de uma Unidade de Alimentação e Nutrição de um hospital universitário no Sul do Rio Grande do Sul [Dissertação]. Pelotas (RS): Universidade Católica de Pelotas; 2016. [acesso em 2020 jan 06]. Disponível em: http://pos.ucpel. edu.br/mpsmca/wp-content/uploads/site s/2/2018/03/Disserta%C3%A7%C3%A3o-DENISE-KNUTH-KO LOSQUE.pdf.

Publicado
2020-03-17
Como Citar
da Silva, R. V., Falcão, L. F., Souza, W. S., & Santos, T. de O. C. G. (2020). Índice de qualidade da dieta e presença de DCNTs em colaboradores de uma UAN. Revista Da Associação Brasileira De Nutrição - RASBRAN, 10(2), 9-17. Recuperado de https://rasbran.com.br/rasbran/article/view/1115
Seção
Artigos Originais