Avaliação do consumo alimentar de crianças menores de dois anos institucionalizadas em creches no município de São Paulo

Clara Korukian Freiberg, Sonia Tucunduva Philippi, Greisse Viero da Silva Leal, Marcelle Flores Martinez, Maria Eunice Waughan da Silva

Resumo


Objetivo: Avaliar o consumo alimentar de crianças menores de dois anos, de ambos os gêneros, institucionalizadas em creches no município de São Paulo. Métodos: A população de estudo foi composta de 150 crianças entre 4 e 24 meses. Os dados de consumo alimentar foram obtidos pela pesagem direta dos alimentos oferecidos na creche e por recordatório complementar das 24 horas. O cálculo do valor de energia, macro e micronutrientes foi realizado por meio do software Virtual Nutri (PHILIPPI et al 1996), comparando com os padrões de referência das DRIs. Resultados: A população das três creches avaliadas foi semelhante quanto aos aspectos culturais e socioeconômicos. A média do consumo alimentar nas três creches atingiu as recomendações para lipídios, excedeu em carboidratos, proteínas e em cálcio. Não foram atingidas as recomendações de vitamina A e ferro nas idades entre 6 e 12 meses. As crianças chegavam às creches com a primeira refeição realizada, e todas elas fizeram uma última refeição em casa. Conclusão: Considerando os resultados encontrados,torna-se imprescindível um programa de vigilância nutricional, uma vez que as instituições não conseguem atingir 100% das recomendações dietéticas para as crianças.


Palavras-chave


Avaliação Nutricional, Creches, Consumo Alimentar; LACTENTES

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Revista da Associação Brasileira de Nutrição - RASBRAN