Perfil antropométrico dos universitários dos cursos de nutrição , enfermagem , fisioterapia e educação física do Centro Universitário La Salle , Canoas /RS.

Rosa Maria Gasparetto, Rosana Carolo da Costa e Silva

Resumo


Este estudo objetiva traçar o perfil antropométrico dos universitários matriculados nos cursos de nutrição, enfermagem, fisioterapia e educação física do Centro Universitário La Salle, Canoas. Avaliaram se 112 universitários divididos entre os quatro cursos, a amostra representa 10% de cada curso, sendo 77 mulheres (68,8%) e 35 homens(31,2%), com média de idade de 26,18 ±7,47anos. a amostra foi colhida de forma aleatória, conforme horários de aula dos alunos. Foi realizada avaliação antropométrica por meio do índice de massa corporal (IMC), circunferência da cintura (CC), prega cutânea triciptal (DCT) e subescapular (DCS), o tratamento estatístico dos resultados encontrados foi feito no programa SPSS (Statistical Package for the Social Sciences). Constatou-se que a grande maioria dos avaliados estavam eutróficos (64,2%), porém foi grande o número de pessoas com excesso de peso (27,7%). Acredita-se que, por serem alunos de cursos da área da saúde, com maior conhecimento a respeito de hábitos de vida saudáveis, ou até mesmo pela maior resistência dos indivíduos com excesso de peso a participarem dessa pesquisa, obteve-se maior percentual de indivíduos com graus adequados de IMC, apesar de a circunferência da cintura estar acima da normalidade para as mulheres (80,90 ±9,34cm), a dobra cutânea triciptal elevada para os homens (123,27 ±59,65%) e a dobra cutânea subescapular estar aumentada para ambos os sexos (Homens=140,64 ±46,49%; Mulheres=124,00 ±41,63%).

Palavras-chave


Antropometria, Índice de Massa Corporal (IMC), Avaliação Nutricional.

Texto completo:

PDF PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Revista da Associação Brasileira de Nutrição - RASBRAN