Desenvolvimento de pão enriquecido com fibras e baixos teores de sódio

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47320/rasbran.2021.1927

Resumo

O presente estudo realiza uma modificação sobre a receita tradicional do pão francês a partir do seu enriquecimento com fibras e leite em pó, além da diminuição dos teores de sódio. Parte-se da necessidade de melhoramento nutricional de um alimento cotidianamente consumido. O objetivo foi avaliar a aceitação de provadores pela receita modificada. Além da análise por fotometria em chama para detecção da quantidade de sódio no produto desenvolvido, também se realizou uma análise sensorial, via escala hedônica, com 100 provadores não treinados. Os resultados obtidos evidenciaram queda de 4,9 vezes dos teores de sódio no pão enriquecido, além de resultados positivos quanto à aceitação do alimento modificado pelos provadores quando se consideram características como aroma, sabor, cor e textura. A avaliação global também foi positiva por parte dos provadores e estes manifestaram atitude e intenção de compra caso o alimento tivesse disponível no mercado. Conclui-se que o acréscimo de ingredientes como leite em pó e fibras à receita tradicional de pão francês em substituição ao acréscimo de sódio possibilita manter a palatabilidade do alimento e aceitação deste por parte dos possíveis consumidores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gilza Andrea Martins e Cruz, Centro Universitário UNA

Nutricionista pelo Centro Universitário UNA, Belo Horizonte, Brasil.

Clara Fernanda Almeida Oliveira, Centro Universitário UNA

Nutricionista pelo Centro Universitário UNA, Belo Horizonte, Brasil.

Camila Cristina Soares e Silva, Centro Universitário UNA

Nutricionista pelo Centro Universitário UNA, Belo Horizonte

Eric Liberato Gregório, Centro Universitário UNA

Mestre em Fisiologia; professor do Curso de Nutrição do Centro Universitário UNA, Belo Horizonte, MG

Referências

Ishida PMG., Stell CJ. Características físico-químicas e sensoriais de amostras de pão disponíveis no mercado brasileiro. Food Sci. Technol. 2014; 34 (4):115-123

Silva MN, Silva FD, Neta ZM, Silva EV, Oliveira CP. Elaboração e aceitação sensorial do pão francês aditivado com farinha de linhaça e da casca do maracujá. Cad. Verde Agroec. e Desenv. Sust. 2004; 4, (1). Disponível em: https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/CVADS/article/view/2857.

Pena AS et al. Elaboração e avaliação sensorial de pão francês com lama de cerveja estilo altbier e farinha de malte. XXV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos. 24 a 27 de outubro de 2016. Disponível em: http://www.ufrgs.br/sbctarseventos/xxvcbcta/anais/files/738.pdf.

Borges JTS, Paula CD, Pirozi MR, Oliveira K. Qualidade nutricional de pão de forma enriquecido com farinha de quinoa. Revista Alimentos Hoy.2012; 21 (27): 55-67.

Santos CM et al. Preparação, caracterização e análise sensorial de pão integral enriquecido com farinha de subprodutos do mamão. Brazilian Journal Food Technology. 2018, 21 (1). Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232018000100428

Bernauld FSR, Rodrigues TC. Fibra alimentar: ingestão adequada e efeitos sobre a saúde do metabolismo. Arq Bras Endocrinol Metab. 2013; 57 (6):397-405.

Oliveira MM et al. Consumo elevado de sal autorreferido em adultos: dados da pesquisa nacional de saúde, 2013. Epidemiol. Serv. Saúde, 2015; 24(2):249-256.

Molina MCB, Cunha RS, Herkenhof LF, Mill JG. Hipertensão arterial e consumo de sal em população urbana. Revista Saúde Pública; 2003; 37(6):743-50.

Buzinaro EF, Almeida RNA, Mazeto GMFS. Biodisponibilidade do cálcio dietético. Arq Bras Endocrinol Metab. 2006; 50 (5). Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S00042730200 6000500005&script=sci_abstract&tlng=pt

Kajishima S, Pumar M, Germani R. Elaboração de pão francês com farinha enriquecida com sulfato de cálcio. B. CEPPA, 2001; 19, (2). Disponível em: https://revistas.ufpr.br/alimentos/article/view/1230

Associação Brasileira de Normas Técnicas. Guia de implementação pão tipo francês: Diretrizes para avaliação da qualidade e classificação. Associação Brasileira de Normas Técnicas; Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. – Rio de Janeiro: ABNT; Sebrae, 2015.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução da Diretoria Colegiada n. 359. 2003. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/documents/33880/ 2568070/ res0359_23_12_2003.pdf/76676765-a107-40d9-bb34-5f05ae897bf3.

Instituto Adolfo Lutz (São Paulo). Métodos Físico-químicos para análise de alimentos. São Paulo: Instituto Adolfo Lutz, 2008.

Hunter D et al. Evaluation of the micronutrient composition of plant foods produced by organic and conventional agricultural methods. Critical Reviews in Food Science and Nutrition, 2011; 51 (6):571–582.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Informe Técnico n. 69. 2015. Disponível em: http://portal.anvisa .gov.br/documents/33916/388729/Informe+T%C3%A9cn ico+n%C2%BA+69+de+2015/85d1d8f0-5761-4195-9aee-e992abd29b3e.

Bannwart GCMC, Silva, MEMP, Vidal G. Redução de sódio nos alimentos: panorama atual e impactos tecnológicos, sensoriais e de saúde pública. Nutrire. 2014; 39(3):348-365.

Dotsh M, Busch J, Batenburg M, Liem G, Tareilus E, Mueller R et al. Strategies to reduce sodium consumption: a food industry perspective. Crit Rev Food Sci Nutr. 2009; 49:841-51.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa de orçamentos familiares 2008-2009: aquisição alimentar domiciliar per capita: Brasil e grandes regiões. Rio de Janeiro: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística; 2010.

Faria EV, Yotsuyanagi K. Técnicas de Análise Sensorial. Campinas (SP): ITAL-LAFISE; 2002. p 116.

Azevedo FLAA et al. Avaliação sensorial de pão de forma elaborado com soro de leite em pó. Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais, 2011; 13 (1):37-47.

Gurgel CSS, Maciel JF, Farias LRG, Costa MJC, Moreira RT. Aceitação e intenção de consumo de pão de forma enriquecido com soro de leite em pó e carbonato de cálcio. Revista do Instituto Adolfo Lutz, 2011; 70(3):283-9.

Aquino VC. Estudo da estrutura de massas de pães elaboradas a partir de diferentes processos fermentativos. São Paulo. Dissertação [Mestrado em Tecnologia Biquímico-farmacêutica] - Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo, 2012.

Araújo ER et al. Elaboração e análise sensorial de geleia de pimenta com abacaxi. Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais, 2012; 14 (3):233-8.

Downloads

Publicado

2022-03-31

Como Citar

Martins e Cruz, G. A., Teles Rodrigues, J. L., Almeida Oliveira, C. F., Soares e Silva, C. C., & Liberato Greg´ório, E. (2022). Desenvolvimento de pão enriquecido com fibras e baixos teores de sódio. Revista Da Associação Brasileira De Nutrição - RASBRAN, 12(4), 129–139. https://doi.org/10.47320/rasbran.2021.1927

Edição

Seção

Artigos Originais