Análise qualitativa e quantitativa do cardápio semanal de um serviço de alimentação e nutrição de um hospital particular, localizado na cidade de Salvador, Bahia

Jéssica Souza Santos

Resumo


Objetivo: analisar qualitativamente e quantitativamente o cardápio oferecido durante cinco dias em um serviço de alimentação e nutrição de um hospital particular, localizado na cidade de Salvador, Bahia. Método: estudo do tipo descritivo exploratório e dos tipos qualitativo e quantitativo não intervencional, do almoço oferecido pelo serviço de alimentação e nutrição. Foi realizada uma análise crítica das preparações servidas em relação às conformidades e não conformidades. A análise quali-quantitativa foi realizada pela avaliação das sobras e dos restos. Foi utilizado o programa de cálculo de dieta Avanutri® versão 4.5 e, em seguida, foi comparado com parâmetros nutricionais recomendado pela Pirâmide Alimentar Brasileira. Resultado: o cardápio não atendia as normas técnicas para escrita, e não apresentava boa variedade e harmonia. Todos os dias foram oferecidos saladas e frutas. O percentual de sobra foi de 6,2%, e a sobra per capita encontrada foi de 35,5 g. O resto per capita achado foi de 41,6 g, e o resto-ingestão encontrou-se um valor 7,8%. Em relação a oferta calórica variou entre 721,0 a 920,51 kcal, com média de 823,43 kcal. E os percentuais médios dos macronutrientes foram: proteína (29,61%), lipídio (24,89%) carboidrato (45,50%). Conclusão: observou-se algumas inadequações, em relação as normas técnicas para escrita, variedade e harmonia. O percentual de sobra e sobra per capita estavam acima do recomendado. O resto per capita e resto-ingestão encontravam-se dentro da recomendação. Os valores de energia estavam acima do recomendado, e havia uma desproporcionalidade entre os macronutrientes.

Palavras-chave


Análise de Cardápio; Serviço de Alimentação; Refeições; SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO; PLANEJAMENTO DE CARDÁPIOS; HOSPITAIS; VALOR NUTRITIVO; RELATO DE CASOS

Texto completo:

PDF

Referências


Batista FM. Alimentação, nutrição e saúde. 5ª edição. Rio de Janeiro: Medsi; 1999.

Tirapegui J. Nutrição: fundamentos e aspectos atuais. 2ª edição. São Paulo: Atheneu; 2006.

Moretti T, Alves FS. Análise nutricional de cardápios oferecidos a participantes do programa de alimentação do trabalhador. XX Congresso Brasileiro de Nutrição, 2008; Rio de Janeiro.

Cruz GF, Santos RS, Carvalho CMRG, Moita GC. Avaliação dietética em creches municipais de Teresina, Piauí, Brasil. Rev Nutr. 2001 Abr;14(1): 21-32.

Proença RPC, Sousa AA, Veiros MB, Hering B. Qualidade nutricional e sensorial na produção de refeições. 1ª edição. São Paulo: UESC; 2008.

Vaz CS. Restaurantes: controlando custos e aumentando lucros. 2ª edição. Brasília: LGE. 2011.

Philippi ST. Redesenho da Pirâmide Alimentar Brasileira para uma alimentação saudável [internet]. 2013 [citado em 12 abr. 2013]. Disponível em http://www.piramidealimentar.inf.br/pdf/ESTUDO_CIENTIFICO_PIRAMIDE_pt.pdf.

Ornellas LH. Técnica Dietética e preparo de alimentos. 8ª edição. São Paulo: Atheneu; 2013.

Abreu ES, Spinelli MGN, Zanardi AMP. Gestão de Unidades de Alimentação e Nutrição: um modo de fazer. 5ª edição. São Paulo: Metha; 2013.

Maistro LC. Estudo do Índice de Resto Ingestão em Serviços de Alimentação. Rev Nutr em pauta. 2000 nov-dez: 40-3.

Dietary Reference Intakes: recommended dietary allowances and adequate intakes, total water and macronutrients food and nutrition board. Institute of Medicine, National Academies. 2010. Disponível em: http://www.nationalacademies.org/hmd/Activities/Nutrition/SummaryDRIs/~/media/Files/Activity%20Files/Nutrition/DRIs/New%20Material/5DRI%20Values%20SummaryTables%2014.pdf.

Biesek, S, Alves LA, Guerra, I. Estratégias de nutrição e suplementação no esporte. 2ª edição. Brasileira: Manole; 2010.

Ribeiro KC, Shintaku RCO. A influência dos lipídios da dieta sobre a aterosclerose. Rev Consc e Saúde. 2004; 3(3): 73 – 83.

Vanin M, Southier N, Novello D, Francischetti VA. Adequação nutricional do almoço de uma Unidade de Alimentação e Nutrição de Guarapuava – PR. Rev Salus-Guar-PR. 2006. 1(1): 31-8.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista da Associação Brasileira de Nutrição - RASBRAN