Equipamentos públicos para promoção da alimentação adequada e saudável: um estudo nos restaurantes populares do Rio Grande do Norte

Dinara Leslye Macedo Calazans, Nila Patrícia Freire Pequeno, Leonora Carla Araújo Pereira, Jessicley Ferreira Freitas

Resumo


Objetivo: Avaliar a refeição ofertada em unidades de alimentação e nutrição inseridas no Programa Restaurantes Populares do Estado do Rio Grande do Norte, frente às diretrizes para a promoção de uma alimentação saudável em equipamentos públicos de Segurança Alimentar e Nutricional (SAN). Método: Trata-se de um estudo descritivo, transversal, em quatro restaurantes populares no ano de 2017. A investigação incluiu: 1. Análise documental (do termo de referência dos contratos e reconhecimento do padrão dos cardápios e das fichas técnicas de preparação); 2. Medição in loco (Identificação dos utensílios de servir, medidas caseiras e pesagem das porções); 3. Observação não participante de uma reunião de equipe gestora e de responsáveis técnicos pelas unidades. Resultados: Observou-se uma oferta frequente de alimentos ou preparações com ingredientes ultraprocessados (acima de três vezes por semana) e falta de padronização dos utensílios utilizados para o porcionamento dos alimentos. Não se observou a realização nas unidades, de atividades educativas de promoção da alimentação saudável, voltadas para os usuários. Conclusão: Foram evidenciadas inadequações na confecção e na operacionalização dos cardápios, que dificultam a promoção de uma alimentação saudável e adequada aos usuários, conforme preconizado pelo Guia Alimentar para a população brasileira. Nesse sentido, observou-se que os objetivos do Programa Restaurantes Populares, como um equipamento público de SAN, não estão sendo plenamente atingidos nas unidades avaliadas.


Palavras-chave


Alimentação, Alimentação saudável, Segurança alimentar e nutricional, Planejamento de cardápio, Políticas públicas

Texto completo:

PDF

Referências


Souza EB. Transição nutricional no Brasil: análise dos principais fatores. Cadernos UniFOA. 2010;5(13): 49-53

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política Nacional de Alimentação e Nutrição. Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2013.

Brasil. Decreto nº 7272, de 25 de agosto de 2010. Regulamenta a Lei no 11.346, de 15 de setembro de 2006, que cria o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - SISAN com vistas a assegurar o direito humano à alimentação adequada, institui a Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - PNSAN, estabelece os parâmetros para a elaboração do Plano Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, e dá outras providências. Diário Oficial da União 26 ago 2010; Seção 1: 6-8.

Brasil. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional. Plano Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional: 2012/2015. Brasília, DF: CAISAN; 2011.

Brasil. Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário. Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional. Plano Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - PLANSAN 2016-2019. Brasília, DF: CAISAN; 2017.

Brasil. Ministério da Saúde. Departamento de Atenção Básica. Guia alimentar para a população brasileira. 2. ed. Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2014.

Brasil. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Manual Programa Restaurante Popular. Brasília, DF: Ministério; 2004.

Godoy KC, Sávio KEO, Akutsu RC, Gubert BM, Botelho RBA. Perfil e situação de insegurança alimentar dos usuários dos Restaurantes Populares no Brasil. Cad. Saúde Pública. 2014 Jun;30(6): 1239-49.

Secretaria de Estado do Trabalho, da Habilitação e da Assistência Social [Internet]. Natal: SETHAS; 2017 [acesso 05 set 2017]. Disponível em: http://www.sethas.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=9940&ACT=&PAGE=0&PARM=&LBL=Restaurante+Popular

Araújo FR, Araújo MAD, Maia PB, Medeiros GCBS, Souza FJV. Programa Restaurante Popular: uma alternativa para promover o direito humano à alimentação adequada? Emancipação. 2015;15(1): 143-54.

Flick U. Introdução à pesquisa qualitativa. 3. ed. Porto Alegre: Artmed; 2009.

Silva DE. Restaurante popular: uma forma de acesso à alimentação adequada. Pelotas , RS. Mestrado [Dissertação em Política Social] - Universidade Católica de Pelotas. Centro de Ciências Jurídicas, Econômicas e Sociais; 2012.

Carrijo AP. Avaliação do consumo alimentar nos Restaurantes Populares do Brasil. Brasília, RS. Mestrado [Dissertação em Nutrição Humana] - Universidade de Brasília. Faculdade de Ciências da Saúde; 2013.

Abreu ES, Spinelli MGN, Zanardi AMP. Gestão de Unidades de Alimentação e Nutrição: um modo de fazer. São Paulo: Metha; 2003.

Rocha NP, Milagres LC, Longo GZ, Ribeiro AQ, Novaes JF. Association between dietary pattern and cardiometabolic risk in children and adolescents: a systematic review. J Pediatr (Rio J). 2017; 93: 214-22.

Alves YF, Silva CR, Spinelli MGN. Teor de sódio e contribuição calórica de alimentos ultraprocessados no cardápio de uma unidade de alimentação e nutrição escolar em São Paulo – SP. Rev. da Univ. Vale do Rio Verde. 2018; 16(1).

Bezerra IN, Junior EV, Pereira RA, Sichieri R. Away-from-home eating: nutritional status and dietary intake among Brazilian adults. Public Health Nutr 2014; 18(6): 1011-7.

Ribeiro AA, Pessoa MTG, Azevedo SMU, Oliveira VTL, Meireles AL. Caracterização socioeconômica, estado nutricional e prevalência de insegurança alimentar em idosos usuários do restaurante popular de um município do nordeste brasileiro. Rev. Ciência Plural. 2016;2(3): 59-71.

Cembranel FM, Ribeiro MG. Políticas municipais de segurança alimentar e nutricional em Chapecó – SC. In: Equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional. Porto Alegre, RS: Evangraf; 2011.

Bonfim VMS, Feitosa EC. Ações educativas nos equipamentos públicos de alimentação e nutrição de Lauro de Freitas - BA. In: Equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional. Porto Alegre, RS: Evangraf; 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista da Associação Brasileira de Nutrição - RASBRAN