Análise qualitativa das preparações do cardápio de um restaurante universitário

Autores

  • Melissa Ionara Ribeiro Sabbagh Graduada em Nutrição pela Universidade Federal de Juiz de Fora - Campus Governador Valadares https://orcid.org/0000-0001-8218-9019
  • Maria Cristina de Albuquerque Barbosa Departamento de Nutrição/Universidade Federal de Juiz de Fora - Campus Governador Valadares https://orcid.org/0000-0003-2957-342X
  • Angélica Cotta Lobo Leite Carneiro Departamento de Nutrição/Universidade Federal de Juiz de Fora - Campus Governador Valadares https://orcid.org/0000-0002-0865-9294

DOI:

https://doi.org/10.47320/rasbran.2021.2059

Resumo

Objetivo: Analisar as preparações de um cardápio oferecido aos estudantes universitários. Métodos: Para análise do cardápio foi utilizado o método de Análise Qualitativa das Preparações do Cardápio (AQPC). Foram avaliados os cardápios das refeições servidas no almoço de segunda a sexta, elaborados para o mês de abril de 2019. Os cardápios foram analisados seguindo os seguintes critérios: oferecimento de folhosos e frutas, monotonia de cores, presença de duas ou mais preparações ricas em enxofre, oferta de carne gordurosa, frituras, de forma isolada ou associadas aos doces e a oferta de doces como sobremesa. Resultados: De acordo com o método AQPC os cardápios apresentaram ofertas diárias de frutas, folhosos  e doces (100%). A ocorrência de carnes gordurosas, de alimentos ricos em enxofre e da monotonia de cores foram 57,1%, 47,6% e 38,1%, respectivamente. Já os critérios fritura, fritura associada a doces, apresentaram percentuais de ocorrência bem reduzidos (9,5%). Conclusão: Foi possível observar  que o cardápio do RU apresenta-se adequado com relação à presença diária de verduras e frutas e a baixa ocorrência de fritura e fritura mais doce. Com relação à oferta de carnes gordurosas e alimentos ricos em enxofre, alguns ajustes precisam ser implementados para melhorar a qualidade do cardápio. A ocorrência diária de doces deve ser objeto de atenção quanto ao planejamento dos cardápios, em função dos possíveis riscos de doenças crônicas na população atendida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Melissa Ionara Ribeiro Sabbagh, Graduada em Nutrição pela Universidade Federal de Juiz de Fora - Campus Governador Valadares

Melissa Ionara Ribeiro Sabbagh é graduada em Nutrição pela Universidade Federal de Juiz de Fora - Campus Governador Valadares. Atualmente atua como Nutricionista Clínica em consultório particular. De 2015 até 2016, foi monitora bolsista de Anatomia aplicada à Nutrição e 2016 a 2017, foi monitora bolsista de Anatomia Humana Básica - Ed. Física. Seu Trabalho de Conclusão de Curso teve como objetivo analisar as preparações do cardápio de um restaurante universitário na região do Vale do Rio Doce.

Maria Cristina de Albuquerque Barbosa, Departamento de Nutrição/Universidade Federal de Juiz de Fora - Campus Governador Valadares

Graduação em Nutrição pela Universidade Federal de Viçosa (1986), Mestrado (MSc) em Food Science - University Of Reading (1989), Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela Universidade Federal de Viçosa (1997) e Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela Universidade Federal de Viçosa (2002). Professora Adjunta do Centro Universitário de Belo Horizonte (UNIBH) de 2002 a 2012, ministrando as seguintes disciplinas: Nutrição e Dietética, Composição de Alimentos,Técnica Dietética I, Planejamento de Cardápios, Nutrição Experimental, Nutrição e Metabolismo. Atualmente, professora adjunta do Departamento de Nutrição da Universidade Federal de Juiz de Fora, campus Governador Valadares, atuando em ensino, pesquisa e extensão. Nessa instituição, ministra as disciplinas de Técnica Dietética, Composição de Alimentos e Alimentos Funcionais no curso de Nutrição. Experiência em Ciência e Tecnologia de Alimentos com ênfase em Ciência dos Alimentos, atuando nos seguintes temas: compostos bioativos, composição de alimentos, alterações dos alimentos durante processamento.

Angélica Cotta Lobo Leite Carneiro, Departamento de Nutrição/Universidade Federal de Juiz de Fora - Campus Governador Valadares

Graduada em Nutrição pela Universidade Federal de Ouro Preto, mestre e doutora em Enfermagem pela Universidade Federal de Minas Gerais. Possui experiência na área de Nutrição, atuando principalmente nos seguintes temas: avaliação curricular, planejamento de cardápio, gestão de unidade de alimentação, higiene de alimentos e vigilância sanitária, educação alimentar e nutricional. Atualmente é professora e coordenadora do Curso de Nutrição da Universidade Federal de Juiz de Fora / Campus Governador Valadares (UFJF/GV) e Coordenadora do FORME-PRO Núcleo de Formação, Educação e Inovação para as Profissões, da Universidade Federal de Juiz de Fora, campus Governador Valadares.

Referências

ABERC - Associação Brasileira das Empresas de Refeições Coletivas. Mercado Real [Internet]. 2019. [acesso em 07 de maio de 2019]. Disponível em: https://aberc.com.br/mercadoreal.asp?IDMenu=21.

ABERC - Associação Brasileira das Empresas de Refeições Coletivas. História e mercado [Internet]. 2018. [acesso em 13 de junho de 2018]. Disponível em: https://aberc.com.br/conteudo.asp?IDMenu=18.

Barrozo ALP, Mendonça KAN. Análise qualitativa de preparações de cardápios de uma unidade de alimentação e nutrição em Brasília. Universitas: Ciênc da Saúde. 2015; 13(2):87-92.

Souza, YCD. Análise da qualidade de cardápios de unidades de alimentação e nutrição de Goiânia. [trabalho de conclusão de curso]. Goiânia: Universidade Federal de Goiás; 2017.

Araújo RS, Neumann D, Da Rocha Neves K, Soares HC. Satisfação dos clientes do restaurante universitário do campus JK da Universidade federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri–UFVJM-MG. Braz J Dev. 2019; 5(12):29971-89.

Benvindo JLS, Pinto AMS, Bandoni D. Qualidade nutricional de cardápios planejados para restaurantes universitários de universidades federais do Brasil. Demetra. 2017; 12(2):447-464.

Medeiros ACB. Competências profissionais do nutricionista para atuação em gestão da alimentação coletiva: percepção dos nutricionistas gestores de restaurantes universitários. [trabalho de conclusão de curso]. Santa Cruz: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; 2019.

Barroso LS, Monteiro AL. Comida na universidade: os efeitos da COVID-19. Rev. de Alim. Cult. Américas. 2020; 2(2):165-182.

Universidade Federal de Juiz de Fora Campus Governador Valadares. Restaurante Universitário [Internet]. 2020. [ acesso em 20 de maio de 2021]. Disponível em: https://www2.ufjf.br/gv/restaurante-universitario/.

Amorim MMA, Junqueira RG, Jokl L. Adequação nutricional do almoço self-service de uma empresa de Santa Luzia, MG. Rev. Nutr. 2005; 18(1):145-156.

Veiros MB, Proença RPC. Avaliação Qualitativa das Preparações do Cardápio em uma Unidade de Alimentação e Nutrição - Método AQPC. Nutr. Pauta. 2003; 11(62):36-42.

São José JFB. Avaliação qualitativa de cardápios em uma unidade de alimentação e nutrição localizada em Vitória-ES. Demetra. 2014; 9(4):975-984.

Ramos AS, Souza FFR, Fernandes GCB, Xavier SKP. Avaliação qualitativa do cardápio e pesquisa de satisfação em uma unidade de alimentação e nutrição. Alim. Nutr. 2013; 24(1):36.

Resende FR, Quintão DF. Avaliação qualitativa das preparações do cardápio de uma unidade de alimentação e nutrição institucional de Leopoldina- MG. Demetra. 2016; 11(1):91-8.

Ministério da Saúde (BR). Guia para a elaboração de refeições saudáveis em eventos. [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde, 2016 [acesso em 13 de junho de 2019]. Disponível em:https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_elaboracao_refeicoes_saudaveis_eventos.pdf.

Oliveira MCM, Melo DS, Santos JAC, Souza LT. Avaliação qualitativa das preparações do cardápio de uma unidade de alimentação e nutrição industrial de Vitória da Conquista-BA. Hig Aliment. 2016; 30(256/257):38-42.

Said NM, Santos GBC, Santos MSP, Silva EB. Avaliação qualitativa do cardápio de um restaurante universitário de Belém do Pará. In: Anais do 3º Congresso de Educação em Saúde da Amazônia[Internet); 2014 Nov 12-14; Belém, PA: Universidade Federal do Pará; 2014 [acesso em 20 de setembro de 2019]. Disponível em: https://coesa.ufpa.br/arquivos/2014/expandidos/pesquisa/PES103.pdf

Fonseca NT, Souza LT. Avaliação qualitativa das preparações do cardápio de um restaurante universitário de Vitória da Conquista – BA, Brasil. J App Pharm Sci. 2017; 4(1):28-36.

Vieira MCH, Spinelli MGN. Análise da qualidade de cardápios mensais e da satisfação dos clientes de uma unidade de alimentação e nutrição hospitalar. Rev Univap. 2019: 25(47):58-69.

José DKB, Silva TKR, Moura PN, Gatti RR. Avaliação qualitativa das preparações do cardápio em unidade de alimentação e nutrição de Guarapuava, PR. Hig Aliment. 2018; 32(276/277):33-36.

Kanematsu LRA, Gatti RR, Chiconatto P, Melhem ARF. Conceito de Alimentação Saudável: Análise das Definições Utilizadas por Universitários da Área da Saúde. Uniciências. 2016; 20(1):34-38.

Santos PS, Lisboa CS, Vidal GR, Macedo V, Camilo A. Avaliação qualitativa de cardápios de uma unidade produtora de refeições do Recôncavo da Bahia. Nutr Bras. 2015; 14(1):35-39.

Prado BG, Nicoletti AL, Faria CS. Avaliação qualitativa das preparações de cardápio em uma unidade de alimentação e nutrição de Cuiabá-MT. Cient Ciênc Biol Saúde. 2013; 15(3):219-223.

Lima TS, Wartha ERSSA, Souza AC, De Carvalho IMM. Avaliação qualitativa das preparações de cardápios de unidades de alimentação e nutrição hospitalares em Sergipe. Sci. Plena. 2019; 15(6):1-8.

Ministério da Saúde (BR). Guia alimentar para a população brasileira [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde, 2014 [citado em 20 de setembro de 2019]. 156 p. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_alimentar_populacao_brasileira_2ed.pdf.

Downloads

Publicado

2022-03-31

Como Citar

Ribeiro Sabbagh, M. I. ., de Albuquerque Barbosa, M. C., & Carneiro, A. C. L. L. . (2022). Análise qualitativa das preparações do cardápio de um restaurante universitário. Revista Da Associação Brasileira De Nutrição - RASBRAN, 12(4), 213–223. https://doi.org/10.47320/rasbran.2021.2059

Edição

Seção

Relatos de Caso